Saiba Mais

Educação inclusiva

Atenção, abrir em uma nova janela. PDFImprimirE-mail

Educação inclusiva


Artigos


El profesorado en el proyecto. Miguel López Melero (Málaga, Espanha).
Relato do trabalho realizado no grupo de professores “Projeto Roma”, na Universidade de Málaga, durante os últimos cinco anos.

O Papel da Universidade Frente às Políticas Públicas para Educação Inclusiva. Rosana Glat e Márcia Denise Pletsch (Rio de Janeiro).
O texto reflete sobre o processo de inclusão de alunos com necessidades educacionais especiais em rede regular de ensino, bem como sistematiza algumas linhas de ação que assinalam o papel da universidade na elaboração de conhecimentos e efetivação de políticas.

O jogo simbólico numa proposta pedagógica para o deficiente visual. Sonia Maria Dutra de Araújo.
A partir de experiência com crianças com deficiência visual, texto apresenta o brincar como recurso pedagógico para o desenvolvimento.  

Inclusão Escolar: práticas e compromissos. Laura Battaglia.

Aborda questões como as diferenças, a família e o compromisso da escola na inclusão

Escola Dinâmica é pioneira em educação inclusiva. André Tristão.

Localizada em Taubaté, interior de São Paulo, a escola pratica a inclusão desde sua fundação e atende alunos com deficiência de diversas cidades da região

O que é inclusão? Miguel Lopez Melero (Málaga, Espanha). Diversidade e Cultura: uma escola sem exclusões.

Aborda conceitualmente cada um dos termos que geralmente são usados para falar de inclusão de pessoas com deficiência.  

Políticas públicas e a Universidade: uma avaliação dos 10 anos da Declaração de Salamanca
O texto analisa as reformas que marcaram a educação brasileira nos anos 90 e aponta os principais desafios para a Academia na área educacional

A Escola Inclusiva. Emílio Figueira.
Fala sobre as características ideais de uma escola inclusiva

Desmistificando o papel da Educação Especial na sociedade brasileira atual. Maria Stela de Araujo Albuquerque Bergo.
Apresenta os paradigmas vigentes na Educação Especial no Brasil.

Práticas educativas para a construção de uma escola inclusiva. Saul Neves de Jesus e Maria Helena Martin (Portugal).
São analisados os pressupostos que justificam a Escola Inclusiva e que práticas educativas podem permitir a sua concretização. É dada particular atenção à forma como o sistema educativo português tem evoluído no sentido de integrar as atividades de apoio educativo.

A Inclusão do Portador de Necessidades Especiais em Âmbito Social e Escolar. Ana Maria C. C. do Prado e Vera Lucia Marostega.
Aborda o tema inclusão do portador de necessidades como um dos novos paradigmas da educação brasileira, legalmente amparado pela Lei nº 9394/96, o qual delega à família, à escola e à sociedade o compromisso para a efetivação de uma proposta de escola para todos.

Existe uma escola ideal? Ana Silvia Figueiral

Reflete sobre a maneira como a escola lida com o conhecimento entre pessoas com deficiência.

Escola: vilã de algumas histórias de dificuldades de aprendizagem. Simaia Sampaio Maia Medrado de Araújo

Construindo a Escola Inclusiva. Celina Camargo Bartalotti
A autora levando questões em torno da escola da diversidade, com foco na questão da escola inclusiva.

Recuperando a história oficial de quem já foi aluno ‘especial’. Tatiana Platzer Amaral
A classe especial é um espaço de segregação, estigmatização e de continuidade do processo de construção da deficiência mental que tem seu início na classe comum.

Subsídios para ação pedagógica no cotidiano escolar inclusivo. Magalis Bésser Dorneles Schneider
Debate educação inclusiva a partir da Declaração de Salamanca/Espanha(1994,Conferência Mundial Sobre Educação Especial, UNESCO).

Educação Inclusiva no Canadá: o que se deve fazer? Gordon Poter (Canadá).
Autor acredita na reflexão conjunta e ordenada para sanar possíveis obstáculos e levar a sociedade a um consenso sobre o que de fato representa a educação inclusiva.

Lei de Diretrizes e Bases: cenário de sentimentos dos professores frente à inclusão escolar. Giovana Toscani Gindri e Soraia Napoleão Freitas.

Professoras manifestam opinião sobre a idéia segregacionista que ainda existe sobre a educação de quem tem necessidades especiais.

Uma longa história em defesa de oportunidades iguais para todos. Roberta Bencini.

Retrospectiva da revista Nova Escola recupera marcos importantes para o entendimento da educação inclusiva.


Referências
Tetzchner, Stephen von et al. Inclusão de crianças em educação pré-escolar regular utilizando comunicação suplementar e alternativa. Rev. bras. educ. espec., Ago 2005, vol.11, no.2, p.151-184.

Silva, Simone Cerqueira da and Aranha, Maria Salete Fábio. Interação entre professora e alunos em salas de aula com proposta pedagógica de educação inclusiva. Rev. bras. educ. espec., Dez 2005, vol.11, no.3, p.373-394.

Sant'Ana, Izabella Mendes. Educação inclusiva: concepções de professores e diretores. Psicol. estud., Ago 2005, vol.10, no.2, p.227-234.

Jesus, Denise Meyrelles de. Atuando em contexto: o processo de avaliação numa perspectiva inclusiva. Psicol. Soc., 2004, vol.16, no.1, p.37-49.

Lima, Maria Adiléa F., Catrib, Ana Maria F. and Vieira, Luiza Jane Eyre de Souza. Compreensão existencial: uma abordagem pedagógica de promoção da vida. Hist. cienc. saude-Manguinhos, Ago 2004, vol.11, no.2, p.297-319.

Mantoan, Maria Teresa Eglér. Educação escolar de deficientes mentais: problemas para a pesquisa e o desenvolvimento. Cad. CEDES, Set 1998, vol.19, no.46, p.00-00.


Teses e Dissertações

Fonte: Teses e dissertações disponíveis no sistema Dedalus da Universidade de São Paulo, que abordam o tema Educação Inclusiva a partir do ano 2000.
 
PRIOSTE, Cláudia Dias. Diversidade e adversidades na escola: queixas e conflitos de professores frente à educação inclusiva. Dissertação de Mestrado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2006.

CORDEIRO, Celso Alberto da Cunha. A educação inclusiva na perspectiva dos professores: a ponta do iceberg. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2003

MACHADO, Valdirene. Repercussões da proposta "educação inclusiva" a partir do discurso de professores de educação especial da rede pública estadual paulista. Dissertação de Mestrado. Instituto de Psicologia / Universidade de São Paulo. 2003.

RIBEIRO, Maria Júlia Lemes. Formação de professores: conhecendo as formas de organização curricular das especializações e as necessidades do professor para a prática de uma educação inclusiva. Tese de Doutorado. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2005.

MITSUMORI, Nanci Miyo. Matizes da educação inclusiva: um diálogo psicanálise-educação. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2005.

BERGO, Maria Stela de Araújo Albuquerque. Um estudo sobre a educação especial em Sergipe.  Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

ROSS, Paulo Ricardo. Educação e exclusão : um projeto de cidadania das pessoas com necessidades especiais. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

MASSO, Maria Cândida Soares Del. Orientação para o trabalho: uma proposta de adaptação curricular para alunos com deficiência mental. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

MATTOS, Edna Antonia de. Contribuições do estudo e proposta para o processo de inclusão do aluno com necessidades educacionais especiais - deficiente mental - na escola regular. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

PRIETO, Rosângela Gavioli. Política educacional do município de São Paulo: estudo sobre o atendimento de alunos com necessidades educacionais especiais, no período de 1986 à 1996. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

GOULART, Aurea Maria Paes Leme. O professor na mediação cultural: as contribuições de Reuven Feuerstein junto a alunos com necessidades especiais. Tese de Doutorado. São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo. 2000.

CASTRO, Adriano Monteiro de. A prática pedagógica dos professores de ciências e a inclusão do aluno com deficiência visual na escola pública. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2002.

FERREIA, Maria Elisa Caputo. O enigma da inclusão: das intenções às práticas pedagógicas. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2002.

SALA, Eliana. Em busca da cidadania ativa de pessoas acometidas por paralisia cerebral: a contribuição da escola. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2003.

PADILHA, Paulo Roberto. Currículo intertranscultural : por uma escola curiosa, prazerosa e aprendente. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2003.

BALLESTERO-ALVAREZ, José Alfonso. Multissensorialidade no ensino de desenho a cegos. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2003.

LUCA, Sandra Renata De. O embaraço da inclusão escolar : considerações psicanalíticas acerca da presença de crianças com dificuldades nas escolas. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2003.

GONÇALO, Sheila Ferreira. Perfil da produção escrita e da trajetória escolar de alunos surdos de ensino médio. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

GUAZZELLI, Tatiana. Desvelo e reconstrução de concepções referentes aos processos de letramento e alfabetização : reflexões a partir de uma experiência de formação de professores. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

AMARO, Deigles Giacomelli. Indícios da aprendizagem de crianças com deficiência em escolas de educação infantil : roteiro de observação no cotidiano escolar. Dissertação (Mestrado). ). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

GARCEZ, Liliane. Da construção de uma ambiência inclusiva no espaço escolar. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

GIANNELLI, Maria Inez Della Vecchia. Atendimento pedagógico domiciliar : uma escuta para tecer laços. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

CORTEZ, Raquel Cristina. Recuperação escolar e as diferentes modalidades de execução. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2004.

NOVAIS, Gercina Santana. A participação excludente na escola pública : um estudo das representações de educadores sobre aluno(a), escola e prática pedagógica. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

ROSSI, Célia Regina. O impacto da atuação do intérprete de LBS no contexto de uma escola pública para ouvintes. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

ANGELOTTI, Andréa Paula. Inclusão nas escolas municipais de São Paulo : um olhar dos professores. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

SANCHES, Antonio Carlos Gonsales. Contextos educacionais e o aluno com necessidade especial {transtorno mental] : um desafio interdisciplinar marcado pela dialética exclusão/inclusão. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

ROSSI, Maria de Fátima Seixas Ferreira. Desmistificando o conceito de aluno deficiente mental : aspectos relevantes para a inclusão nas classes regulares da escola pública. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

MEDEIROS, Wanderleia Azevedo. Miritibrincando, miritizando : ludicidade, educação e inclusão. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

CHICON, José Francisco. Inclusão na educação física escolar : construindo caminhos. Tese (Doutorado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de São Paulo, 2005.

D'ANDREA, Annamaria. A inclusão escolar : avaliação de mães de alunos com deficiência sobre a participação de seus filhos neste processo. Dissertação (Mestrado). FFCLRP – FAC FIL CIÊN LET RIB PRETO/ Ribeirão Preto, 2006.

LACREDA, Adalgisa Aparecida Alves. A relação pedagógica na escola inclusiva. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de  São Paulo, 2006.

GONZALES, Roseli Kubo. Análise de critérios para promoção de alunos com deficiência intelectual em pré-escolas públicas de Osasco. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de  São Paulo, 2006.

RODRIGUES, Marceli. A função social das classes especiais para deficientes mentais numa perspectiva crítica de inclusão escolar. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de  São Paulo, 2006.

MIYASHIRO, Sandra Regina Galdino. Filhos de presidiários : um estudo sobre estigma. Dissertação (Mestrado). São Paulo - SP. Faculdade de Educação / Universidade de  São Paulo, 2006.


Cartilhas e Publicações

“Educação Especial para Adultos”. Revista Decisio – Saberes para la Acción en Educación de Adultos. CREFAL, Janeiro a Abril de 2006.

“Educação Inclusiva: o que o professor tem a ver com isso?”
Rede Saci. Imprensa Oficial e Ashoka Empreendedores Sociais

“O acesso de alunos com deficiência às escolas e redes comuns da rede regular”, Procuradoria Federal dos Direitos do Cidadão. Brasília, setembro de 2004.


Livros

AMARAL, Lígia Assumpção. Conhecendo a Deficiência (em companhia de Hércules). São Paulo: Robe, 1995.

AQUINO, J. Groppa (org.). Diferenças e preconceito na escola. Alternativas teóricas e práticas.  2. Ed.  São Paulo: Summus, 1998.

ASSIS, O. Q.; PUSSOLI, L.; LACERDA, V. A. de. Os Direitos da Pessoa Portadora de Deficiência. São Paulo: Lúmen, s/d.

BUENO, José Geraldo. Educação Especial Brasileira: Integração/ Segregação do Aluno Diferente. São Paulo: EDUC, 1993.

CADERNOS CEDES. Educação Especial. nº 23.

CADERNOS CEDES. A nova LDB e as necessidades educativas especiais. nº 46.

CARVALHO, Rosita Edler. A Nova LDB e a Educação Especial. Rio de Janeiro: WVA, 1997.

CASTRO, M. L. O. de. A educação na Constituição de 1988 e a LDB. Brasília: André Quicé, 1998.

COLL, C.; PALACIOS, J.; MARCHESI, A. Desenvolvimento Psicológico e Educação: necessidades educativas especiais e aprendizagem escolar. Porto Alegre: Artes Médicas, 1995. v. 3.

CORREIA, Luis de Miranda. Alunos com necessidades educativas especiais nas classes Regulares. Portugal: Editora Porto, 1997. Coleção Educação Especial.

CRUICKSHANK, W. M. & JOHNSON, G. O. A Educação da Criança e do Jovem Excepcional. Porto Alegre: Globo, 1974.

CUNHA, B. Classes de Educação Especial para Deficiente Mental? São Paulo: IPUSP, 1989. (Dissertação de Mestrado).

DUNN, Lloyd M. Crianças Excepcionais: seus problemas, sua educação. Rio de Janeiro: Livros Técnicos e Científicos, 1977.

EM ABERTO. Educação Especial. Brasília. no. 13, n. 60, out/dez. 1993.               

FERREIRA, Júlio Romero. A Exclusão da Diferença: A Educação do Portador de Deficiência. 2. ed.  Piracicaba/São Paulo: Editora UNIMEP, 1994.

 ___. Produção Científica em Educação Especial. In: Universidade Federal de São Carlos - Temas em Educação Especial. São Carlos: UFSCar, 1990.

FERREIRA, Solange Leme. Aprendendo sobre a Deficiência Mental: Um Programa para Crianças. São Paulo: Memnon, 1998.

FONSECA, Vítor da. Educação Especial - Programa de Estimulação Precoce: uma introdução às idéias de Feuerstein. 2. ed.  Porto Alegre: Artes Médicas, 1995.

 ____ - Educação Especial. Porto Alegre: Artes Médicas, 1987.

GLAT, Rosana. A Integração Social dos Portadores de Deficiência: Uma Reflexão. Rio de Janeiro: Livraria Sette Letras, 1995.

JANNUZZI, Gilberta. A Luta pela educação do deficiente mental no Brasil. São Paulo: Cortez, 1985.

JOHNSON, G. O. et al. Educação de excepcionais. 2. ed.  Rio de Janeiro/ Porto Alegre: Globo, 1982.

KIRK, S. A. e GALLAGHER, J. J. Educação da criança excepcional. São Paulo: Martins Fontes, 1987.

MANTOAN, M. T. E. Compreendendo a deficiência mental. São Paulo: Scipione, 1989.

___. A construção da inteligência nos deficientes mentais: um desafio, uma proposta. Revista Brasileira de Educação Especial, 1(1): 107-114, 1992.

 ___. A integração de pessoas com deficiência: contribuições para uma reflexão sobre o tema. São Paulo: Memnon, Ed. SENAC, 1997.

___. Ser ou estar: eis a questão. Explicando o déficit intelectual. Rio de Janeiro: WVA, 1997.
MAZZOTTA, M. J. da S. Fundamentos de Educação Especial. São Paulo: Pioneira,   1982.

____. Educação Escolar: comum ou especial? São Paulo: Pioneira, 1987.

____. Trabalho Docente e Formação de Professores de Educação Especial. São Paulo: E.P.U.,
1993.

____. Educação Especial no Brasil: história e políticas públicas. São Paulo: Cortez,   1996.

OLIVEIRA, A. A. S. de. A Questão das Oportunidades Educacionais da Pessoa com Deficiência. São Carlos: UFSCar, 1996. (Dissertação de Mestrado).

OLIVEIRA, M. T. B. de. Estudo da Eficácia de Alguns Aspectos da Educação Oferecida aos Alunos das Classes Especiais para Deficientes Mentais. São Paulo: FEUSP, 1993. (Tese de Doutoramento).

PICCHI, M. B. Sala de Recursos para Deficientes Mentais Educáveis em São Paulo: razões da instalação e condições de funcionamento. São Paulo: FEUSP, 1995. (Dissertação de Mestrado).

QUEIROZ, A. M. & RAMOS, J. Educação Especial. Modelos de Serviços para o Educando com Retardo Mental. São Paulo: APAE, 1979. Revista Brasileira de Educação Especial. São Paulo: Editora UNIMEP e UNESP Marília.

RIBAS, J. B. C. O Que São Pessoas Deficientes. 6. ed. São Paulo: Brasiliense, 1994.

SÃO PAULO (Estado). Secretaria de Estado da Educação. Subsídios Relativos à Avaliação de Crianças e Jovens Suspeitos de Excepcionalidade. São Paulo: SEE/CENP, 1978.

____. Diretrizes da Educação Especial. São Paulo: SEE/CENP, 1987.

____. O Deficiente Visual na Classe Comum. São Paulo: SEE/CENP, 1987 e 1993.

SASSAKI, Romeu.  Inclusão. Construindo uma Sociedade para Todos. Rio de Janeiro: WVA, 1997.

SÊDA, Edson. A condição dos portadores de deficiência perante o Estatuto da Criança e do Adolescente. In: APAE, Anais do XV Congresso da Federação Nacional das APAEs, 1991.

SIMON, Jean. A Integração Escolar das Crianças Deficientes.  Rio Tinto/Portugal:  Edições Asa, 1989.

TELFORD, Charles W. e SAWREY, James M. O Indivíduo Excepcional. 5.  ed.  Rio de Janeiro: Guanabara, 1988.

VAYER. P. e RONCIN, C. Integração da Criança Deficiente na Classe. São Paulo: Manole, 1989.


Adicionar comentário


Código de segurança
Atualizar